Rui Costa entrega a Geddel Secretaria da penitenciária onde ele esteve preso

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), em acordo com o MDB, indicou duas secretarias aos irmãos Vieira Lima.

Geddel, que foi flagrado em 2017 com malas no apartamento da mãe no valor de R$ 53 milhões, foi preso e cumpriu parte da pena na mesma penitenciária onde Rui Costa, pediu a ele que indicasse alguém do MDB para controlar todos os presídios e o contingente de detentos. Assim, Geddel sugeriu o nome do advogado José Antonio Maia Gonçalves para assumir a Secretaria de Administração Penitenciária. O irmão dele, Lúcio Vieira Lima, abocanhou a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e apontou Murilo Dias Sampaio para a Secretaria de Infraestrutura Hídrica.

Assim, embora não estejam diretamente ligados às administrações, nos bastidores do Partido dos Trabalhadores todos sabem que as indicações foram deles, e até mesmo os petistas ficaram surpresos com a ironia dos casos.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários