Vídeo mostra funcionário de Gabriel Monteiro orientando morador de rua a roubar para depois sofrer abordagem por vereador

Um vídeo obtido pelo Portal G1 mostra um homem que afirma morar na rua sendo influenciado por um sujeito de camisa preta a formular o roubo de uma bolsa na Lapa, no Centro do Rio de Janeiro. Ele pede para que o morador de rua jogue a bolsa da mulher por cima do carro e em troca lhe oferece 400 reais.

- Aí, tu vai pelo cantinho. Ela não está nem vendo. Ela é autista. Não vai nem se ligar - orienta o homem.

Assim que o homem faz o que lhe haviam orientado, o vereador do Rio, Gabriel Monteiro, surge no “teatro” para questionar o morador de rua sobre o ato. Percebendo que havia sido enganado, o homem começa a tentar explicar o que tinha acontecido desesperadamente, porém é cortado diversas vezes pelas comparações morais de Gabriel.

- Quem tá certo? - pergunta o vereador.

- Eu, porque eu tô com fome! - responde o mendigo.

Em seguida, a câmera corta e mostra um segurança do vereador ameaçando bater no homem em situação de rua.

- Vai tomar um na cara - diz o policial.

Mesmo com o indivíduo tentando explicar o ocorrido, o segurança empurra com violência o homem, que cai indefeso no chão.

Depois das denúncias feitas ao Fantástico, no último domingo (27), Gabriel se pronunciou e disse que o homem que aparece no vídeo orientando o roubo é um ex-funcionário seu.

O parlamentar, no entanto, não comentou sobre as acusações de outros ex-funcionários seus que dizem ter sofrido com assédio moral, sexual e agressões físicas. Eles garantem que, alguns de seus vídeos, postados em suas redes sociais, são combinados. Além disso, uma mulher o acusa de estupro.

 

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

 

Mostrar comentários