Gabriel Monteiro encara Conselho de Ética da Câmara no Rio

O vereador do Rio de Janeiro, o ex-policial Gabriel Monteiro, vai ter de encarar o Conselho de Ética da Câmara, que aprovou por unanimidade abrir uma representação disciplinar contra ele.

O parlamentar foi acusado por ex-funcionários de assédios moral e sexual. Uma mulher também diz que foi estuprada por ele.

Reportagem da TV Globo denunciou que o rapaz aidna forjava vídeos de flagrantes no Rio para ganhar likes e seguidores em suas redes sociais. Ele nega.

Monteiro disse que as denúncias foram orquestradas pela "Máfia do Reboque", que ele tornou pública recentemente e que o sexo com a mulher foi consensual.

Se for condenado, Monteiro pode perder o mandato.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários