MP denuncia namorada do jovem que teve a barriga cortada em praia

A estudante Lívia Lima Simões Paiva Pedra, de 20 anos, foi denunciada pelo Ministério Público do Espírito Santo como a pessoa que agrediu e abriu a barriga do namorado em uma praia de Guarapari chamada Ermitão.

Ela e o namorado foram até o local para se despedir em um lual que eles haviam marcado para se despedir antes do rapaz viajar para o exterior, onde ficaria alguns meses estudando.

O casal usou drogas e bebeu bebida alcóolica. O jovem acordou com a barriga aberta e parte do intestino para fora.

Lívia sempre alegou que outras pessoas haviam feito isso com o namorado. O caso ocorreu em 16 de janeiro deste ano. Mas, ao ter acesso às câmeras de segurança, as investigações da polícia concluíram que a moça foi a própria agressora e o MP a denunciou nesta quarta-feira (6).

- A denunciada, utilizando objeto cortante, golpeou a barriga do réu e o rosto dele, causando-lhe as lesões gravíssimas estampadas nas fotos e vídeos juntadas aos autos, bem como no prontuário médico, que determinaram a debilidade permanente do intestino delgado da vítima, deformidade permanente e fratura da cavidade nasal e seio maxilar - escreveu o MP na denúncia.

A polícia disse que a motivação para o crime de Lívia ainda é desconhecida. Mas, se for considerada culpada, pegará de 2 a 8 anos de prisão.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários