Polêmica na causa animal! Vereador é acusado de "maus tratos, rachadinha e desvio de função pública"

Uma polêmica envolvendo a causa animal no Rio Grande do Sul se espalhou pelas redes sociais.

Tudo começou quando Rosane Vieira Inda, uma protetora dos animais resolveu denunciar um suposto crime de mau tratos e oportunismo do vereador de Cachoeirinha - RS, Jordan (PDT), 

Segundo as publicações da protetora, a defesa dos animais - que é a principal bandeira levantada pelo vereador - é falsa e midiática.

Em suas redes sociais, Rosane mostra um vídeo e afirma que “os cães resgatados do vereador Jordan estão em correntes com menos de 2,5m”.

“Sendo que ele mesmo fez o projeto contra correntes, ‘Lei das Correntes'. Piada né”, escreveu ela.

E prosseguiu:

“Só não vê quem não quer. [...] Eles mesmo não interagem, não brincam, não recebem carinho.”

Confira:

Em outra publicação, a protetora mostra uma cadela de nome “Layla” que teria sido resgatada pelo vereador e depois “ele nunca mais quis saber dela.”

“O tal suporte que [ele] sempre fala também não. Vacinas, vermífugos anti pulga e ração, nada”, acrescentou.

Confira:

Em uma sequência de stories no Instagram, Jordan se defendeu das acusações e imputou a questões políticas as acusações que vem recebendo. De acordo com o vereador, a pessoa que fez as acusações é mãe de uma ex-assessora sua e deve concorrer a algum cargo neste ano.

Confira:

O deputado estadual do RS Rodrigo Maroni, conhecido como um dos maiores defensores dos animais do Brasil, repercutiu a grave denúncia em suas redes sociais e o vereador reagiu prometendo processá-lo.

"Irei mover um processo contra o deputado por difamação e calúnia contra minha pessoa e por postar fotos de biquíni da minha esposa em sua rede social", disse Jordan.

Confira:

A redação do jornal O Republicano entrou em contato com Rodrigo Maroni e pediu a opinião dele sobre o assunto.

Em vídeo, Maroni faz um alerta ainda maior.

Segundo o deputado, a própria fala do vereador o coloca em situação delicada.

"Ele mesmo traz outros problemas. [...]
Ele comenta que os assessores dele atendem os animais. [...] Então ele está colocando pessoas com dinheiro público para atender algo pra ele", disse Maroni

Fazendo comparação com salário de vereador, Maroni questiona os valores altos de Jordan gasta com os animais e cita a camionete que pertence a ele.

"Ele fala que assessores dele, inclusive 'pagam'... 'Quando podem pagam'. Ou seja, aí tem desvio de função pública. [...] Tem a questão da 'rachadinha'...", afirmou o deputando, que prometeu entrar em contato com o presidente da Câmara de Cachoeirinha para apurar os fatos.

Maroni reafirmou:

"Acabou ele mesmo se entregando..."

Sobre a foto da esposa do vereador, Maroni afirmou que trata-se de uma imagem pública, pois, "toda a pessoa que posta uma foto no Instagram é pública. Não é crime nenhum".

Confira:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários