Peru sofre com inflação alta, povo vai às ruas e Castillo coloca Forças Armadas para conter protestos

Desde que assumiu a presidência do Peru, em julho de 2021, o sindicalista Pedro Castillo, já tomou algumas medidas arbitrárias como mudar todo o seu ministério e foi alvo de denúncias de corrupção. Agora, o esquerdista teve que colocar as Forças Armadas do país nas ruas, na quinta-feira (7); já que com a alta da inflação e o reajuste constante em alimentos e combustíveis, o povo fechou rodovias com barricadas para protestar.

Em mais de 25 anos, essa é a primeira vez que o Peru enfrenta um inflação tão alta. Pedro Castillo até tentou justificar que seria em virtude do conflito entre Rússia e Ucrânia, mas, pela adesão em massa dos protestos, a explicação não foi bem aceita.

Desesperado, ele mandou as Forças Armadas patrulharem Lima e implantou até toque de recolher.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários