Por unanimidade, Conselho de Ética da Alesp aprova cassação de "Mamãe Falei"

O Conselho de Ética da Alesp decidiu, nesta terça-feira (12), por unanimidade, cassar o mandato do deputado estadual Arthur do Val, mais conhecido como "Mamãe Falei".

Os nove parlamentares que fazem parte do Conselho entenderam que "Mamãe Falei" quebrou o decoro do cargo público ao encaminhar mensagens de voz para um grupo secreto do WhatsApp, afirmando que as mulheres ucranianas seriam fáceis porque eram pobres. O deputado encerrou a conversa com os amigos dizendo que voltaria ao lugar assim que possível para fazer turismo sexual.

Embora o Conselho tenha dado o primeiro passo para a perda do mandato, o caso segue para o plenário da Casa. Dos 94 parlamentares, será preciso, ao menos, 48 votos a favor da cassação para que Do Val perca o cargo.

Ainda não há data agendada para a votação ocorrer.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários