"Muita droga, muita prostituição", define cantora o Farofa da GKay

A cantora Samyra Show, artista acostumada à vida noturna de grandes cidades e ao trabalho nas madrugas, disse, em entrevista a um podcast, que ficou horrorizada com o ambiente da Farofa da Gkay, uma mega festa para convidados que houve no Ceará, em 2021.

A Farofa da GKay é organizada pela ex-atriz global Géssica Kayane e a entrada só é permitida para os convidados da moça.

Samyra foi uma das atrações do evento e não se intimidou em revelar:

- Vi muita droga, muita prostituição, muita coisa que não está dentro dos meus valores. Muita coisa que ninguém teve coragem de falar. Porque pagou muita página para estar lá. Ninguém postou porque estavam tudo sendo pagos para estarem lá - disparou a cantora.
- Tinham pessoas se desfazendo das outras, falando no microfone assim: ‘se tirar foto com fulano, beltrano, eu boto pra fora…’. Eu falei assim: ‘pô, eu te conheci tão simples, tão humilde e, hoje, que prepotência!!! (Gkay é) uma mulher que conseguiu realizar seus sonhos, mas que está perdida. Se perdeu. Está indo muito 'Maria vai com as outras' - definiu.

E acrescentou que tentou se despedir da ex-atriz, ao final de sua apresentação, mas foi ignorada pela contratante:

- Quando eu cheguei lá, não desceu nem para me falar um ‘oi’. Fui lá no quarto dela e (ela) saiu como se eu não fosse nada - lamentou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários