Defensoria Pública pede proteção física e mental para “psicopata” do DF

A Defensoria Pública do DF solicitou pedido de proteção especial às integridades física e mental de Lázaro Barbosa, o “maníaco” do DF, à Vara de Execuções Penais do Distrito Federal. Em caso de recaptura, ele já tem advogada constituída e os pedidos estão sob análise da juíza Leila Cury, nesta segunda-feira (21).

A Defensoria quer evitar “qualquer forma de sensacionalismo e exposição vexatória” do criminoso, que já está sendo procurado há 13 dias por uma força-tarefa com 300 homens, helicóptero, drone, blitz, cercos, cães farejadores, especialistas em caatinga e cerrado e até um caçador voluntário.

O órgão afirma que, “considerando a enorme repercussão nacional conferida ao caso, visando salvaguardar a vida e a saúde de Lázaro, a defesa técnica solicita ao ilustre juízo que, desde logo, seja garantida a proteção da integridade física e psíquica do apenado”, escreve trecho da petição.

A defensora ainda exige que Lázaro seja alocado “em instalações seguras, se possível, sem ter que dividir cela com outros internos do estabelecimento prisional em caso de ser recapturado com vida”; destancando que “a tortura, bem como a violência física ou psicológica direcionada a qualquer ser humano são consideradas práticas ilícitas vedadas pelo ordenamento jurídico pátrio e pelos tratados internacionais que o Brasil se comprometeu perante os sistemas global e interamericano”.

A DP acredita que, “em face de ataques midiáticos e dos pedidos de entrevistas exclusivas”, há uma exposição exarcebada sobre a imagem e recaptura do “maníaco” do DF.

- Estamos vivenciando um sensacionalismo exacerbado nas buscas pelo apenado, com inúmeras comparações do caso com os filmes de ação e com a proliferação de “memes” nas redes sociais criados pelos usuários que acompanham atuação dos agentes públicos - diz o órgão.

Lázaro é procurado há duas semanas, suspeito do assassinato de vários membros da mesma família. Ele segue foragido na região rural de Cocalzinho, Goiás, onde conhece muito bem e é caçador.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários