Já está valendo limite de reencaminhamento de mensagens no WhatsApp proposto pelo TSE

Seguindo as regras impostas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o WhatsApp já começou a fazer alterações no seu sistema. Agora, o aplicativo vai limitar o envio de mensagens que já vieram ao destinatário encaminhadas por outras pessoas.

Esse tipo de reenvio vai ser dificultado pelo zap e os donos dos celulares só poderão encaminhar a mensagem para um contato ou grupo de cada vez.

A Corte eleitoral deseja com isso que diminua a distribuição de supostas Fake News em período eleitoral e que um candidato não se beneficie do aplicativo durante a campanha.

Embora tenha fechado acordo com o TSE, o CEO do WhatsApp, Will Carhcart, disse que não vai mais implementar nenhuma alteração significativa no aplicativo antes de realizadas as eleições deste ano.

Segundo pesquisa realizada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, o WhatsApp é a principal fonte de informação dos brasileiros: 79% disseram receber notícias sempre pela rede social.

Mais de 136 milhões de pessoas no Brasil são usuários da plataforma.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

 

Mostrar comentários