Sérgio Camargo denuncia ataques racistas que vem sofrendo de militantes de esquerda

O ex-presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo (PL), publicou, nesta segunda-feira (18), em suas redes sociais, que vem sofrendo ataques racistas de militantes da esquerda que o consideram racista com outros negros.

Sim, você não entendeu errado.

Os militantes têm enchido as redes sociais do jornalista o acusando de racista, mas, ao mesmo tempo, fazendo ironias com a cor de pele do candidato a deputado federal por São Paulo.

No Instagram, Camargo escreveu "esquerda racista, uma pequena amostra" e publicou as imagens das ofensas.

Camargo, que sempre deixou claro sua opinião sobre o vitimismo de parte da comunidade negra, sofreu muitas críticas nos anos em que ficou à frente da Fundação Palmares. Ele sempre defendeu que negros não deveriam ser privilegiados em bolsas universitárias ou chamadas de concurso. Para ele, a diferença entre os cidadãos e profissionais deve ser refletida na sua competência e dedicação aos estudos. A esquerda, no entanto, pensa o contrário.

Sem se importar com o "mimimi", Camargo concedeu entrevista para a Jovem Pan e comentou sobre negros famosos se sentirem "oprimidos" pela polícia por terem a pele escura e chamou os movimentos negros de "escória maldita" por separarem pessoas pretas de brancas.

- Negros gostam de polícia. Quem tem medo é bandido! - afirmou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários