STF cassa mandato de Daniel Silveira

Por 10 votos a favor e apenas um contra, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) votou, nesta quarta-feira (20), pela cassação do mandato do deputado federal Daniel Silveira.

O parlamentar foi condenado ainda a 8 anos e 9 meses de prisão, ficará 8 anos inelegível e deverá pagar multa de R$ 192 mil.

O ministro Alexandre de Moraes considera o deputado réu no processo que ele mesmo criou para sentenciá-lo por supostos estímulos em atos antidemocráticos e ataques aos integrantes da Corte.

Kássio Nunes, que já havia dito que a postura de Moraes é inconstitucional, lembrou aos colegas que o parlamentar tem imunidade e que "deputados e senadores são invioláveis". Mas, não foi ouvido. Ele foi o único a votar pela absolvição de Silveira.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários