Oposição celebra cassação de Daniel Silveira: "Pedagógica"

A deputada federal Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, elogiou a postura dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que infringiram, ao menos, 10 pontos da legislação brasileira para cassar o mandato do parlamentar Daniel Silveira (PTB-RJ), nesta quarta-feira (20). A oposição ao Governo Bolsonaro apelidava a sentença de "pedagógica".

- O fascismo aqui não vai se criar e a democracia vai prevalecer. Criminoso não é candidato - alegou a petista, que concorda com a eleição de Lula (PT) à presidência do Brasil. Ele foi condenado a mais de 9 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Quem se pronunciou também foi Joice hasselmann (PSDB), que tem andado sumida desde que levou uma surra dentro do apartamento em que estava com o marido, mas não se lembra de nada.

- Sabemos que bravatas podem até se tornar realidade. As bravatas de Trump levaram à invasão do Capitólio e deixaram cinco mortos - afirmou, referindo-se à fala do ministro do STF, Kassio Nunes Marques, único magistrado que votou pela absolvição de deputado.

Cabe recurso da decisão que condenou Daniel Silveira a mais de 8 anos de prisão, multa no valor de R$ 192 mil e cassação do mandato. Porém, dificilmente, mudará o resultado.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários