Advogado morre após discurso eufórico em sessão da Câmara de João Pessoa

O advogado José Silveira, de 62 anos, fazia um discurso enfático sobre mobilidade urbana na sessão da Câmara dos Vereadores, de João Pessoa (PB), nesta quarta-feira (20).

Silveira citava os motivos de a gestão municipal criar uma empresa pública de transporte coletivo. 

Durante o tempo em que ficou explanando, o advogado estava um pouco exaltado, falava mais alto e cobrava os vereadores do PT, MDB e PDT.

- Já faz mais de 30 anos que o mesmo grupo empresarial explora os ônibus da capital, há necessidade de licitação pública para que novas empresas se habilitem a um processo licitatório e venha explorar o transporte público aqui e não uma família sozinha - disparou.

Ao final da palavra, ele se sentiu mal, ficou mais ofegante, foi socorrido pelo Samu, mas não resistiu.

O advogado teve um infarto fulminante. Ele deixa mulher e quatro filhos.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários