Twitter repensa decisão e pode aceitar proposta de Elon Musk

O Conselho do Twitter parece ter mudado de ideia e, agora, pensa na proposta de compra da rede social pelo bilionário

Elon Musk.

Segundo o jornal The New York Times, o CEO da tesla e da SpaceX e os outros sócios estariam prestes a fechar o acordo, depois de rodadas de reuniões, ainda nesta segunda-feira (25).

O homem mais rico do mundo, inclusive, estaria alinhando o pagamento de US$ 46,5 bilhões pela empresa.

Musk fez a proposta para o grupo depois de adquirir uma participação na plataforma de 9%. 

Favorável à liberdade de expressão, um dos homens mais importantes do mundo também quer ter controle total da mídia social mais influente do planeta e, 

assim, poder "desbloquear" autoridades como o ex-presidente dos Estados Unidos, que foi banido da redes social anos atrás.

- Investi no Twitter porque acredito em seu potencial de ser a plataforma para liberdade de expressão em todo o mundo, e acredito que a liberdade de expressão é um imperativo social para uma democracia em funcionamento - disse Musk.
- No entanto, desde que fiz meu investimento, agora percebo que a empresa não prosperará nem atenderá a esse imperativo social em sua forma atual. O Twitter precisa ser transformado em uma empresa privada - ponderou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários