Cresce o número de seguidores de autoridades e influenciadores de direita após compra do Twitter

Cresce o número de seguidores de autoridades e influenciadores de direita após compra do Twitter

Depois que o Conselho do Twitter confirmou a venda da plataforma para o bilionário Elon Musk, nesta segunda-feira (25), várias autoridades e influenciadores de direita no Brasil notaram que os perfis tiveram um aumento inesperado e simultâneo de seguidores.

O ex-Ministro do Turismo, Gilson Machado, disse, na plataforma, que ficou surpreso com o crescimento dos seguidores; uma vez que no dia nem tinha postado nada.

- Parabéns a todos do Twitter. Apesar de não ter postado nada hj, foi o dia que mais ganhei seguidores. Será que estávamos sendo sabotados - perguntou.

O mesmo questionamento teve Leandro Ruschel e Fernando Ulrich. Os dois conservadores receberam em poucas horas milhares de seguidores que estavam aguardando o "aceite" da mídia social.

Nas redes sociais, Ruschel disse:

- Não sei o que está acontecendo e se tem algo a ver com a mudança de controle do Twitter, que nem se materializou ainda, mas nas últimas horas recebi mais de 10 mil novos se... - comentou.

Ulrich respostou a mensagem do amigo e concordou:

- Idem aqui. recebi uns 1.000 - acrescentou.

Por fim, a dona do Canal "Teatualizei", Bárbara, usou a internet para denunciar o caso.

- Os perfis conservadores ganharam grande engajamento e seguidores após o anúncio da compra do Elon Musk. Poderia ser o algoritmo travando? S ede fato for, imaginem o que tem no Instagram, YouTube... - destacou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários