Sérgio Cabral e outros presos são transferidos para Bangu 1

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, foi transferido para a Penitenciária Laércio da Costa Pelegrino, no complexo penitenciário de Gericinó, Zona Oeste da capital fluminense. 

Além dele, o tenente-coronel da PM Cláudio Luiz de Oliveira, acusado pela morte da juíza Patrícia Accioli, em 2011, e outros quatro presos, também passaram por transferências depois que reportagem da TV Globo denunciou, no domingo (1º), a vida de luxo que os presos levavam dentro do BEP onde estavam recolhidos.

Eles chegaram à Bangu 1, na madrugada desta quarta-feira (4), escoltados por viaturas do Batalhão de Choque. Permanecerão em celas da galeria C por 10 dias sem contato com os demais detentos.

O ex-governador do Rio, que foi condenado pela operação da Polícia Federal "Lava Jato", a mais de 400 anos por corrupção e lavagem de dinheiro, cumpria pena com pena numa unidade da Polícia Militar em Niterói, quando a Justiça

flagrou várias irregularidades. Entre elas, eles tinham "direito" de possuir celulares, pediam comidas finas a restaurantes caros com frequência, estavam construindo uma churrasqueira na prisão, havia drogas nas celas e os presos possuíam as chaves dos próprios "quartos".

As defesas de Cabral e do tenente-coronel Cláudio de Oliveira alegaram que as vistorias não foram realizadas nas celas de seus clientes, mas em áreas comuns da unidade prisional. Eles vão recorrer da decisão.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários