Guga Noblat é obrigado a indenizar e pedir desculpas públicas a Hang por propagação de Fake News

O jornalista Guga Noblat, filho de Ricardo Noblat, foi obrigada pela Justiça a pedir desculpas públicas em suas redes sociais ao dono das Lojas Havan, Luciano Hang.

Noblat propagou, em fevereiro de 2021, logo após a mãe do empresário catarinense falecer, que Hang seria o responsável pela morte dela e que teria falsificado o atestado de óbito para não confirmar que a genitora tinha Covid-19.

Luciano Hang entrou com um processo nas esferas civil e criminal e ganhou uma retratação pública nos mesmos moldes da acusação sem provas feita e mais o pagamento de indenização no valor de R$ 5 mil, que o empresário doará para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Nas redes sociais, Hang comemorou a vitória:

- Sempre prego a liberdade de expressão, mas quando mentiras são ditas as pessoas têm que se retratar. Guga, além de insinuar que matei minha mãe, também disse que falsifiquei seu atestado de óbito. Crueldade, difamação e uma grande mentira - disparou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários