Assessor de Zelenskiy rebate fala de Lula na Time: "Distorce a verdade"

O assessor presidencial ucraniano Mykhailo Podolyak foi às redes sociais, nesta quinta-feira (5), desmentir o ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O petista foi, recentemente, capa da Revista americana Time e, na ocasião, falou de diversos assuntos incluindo a Guerra entre Ucrânia e Rússia.

Lula qualificou o comportamento do presidente da Ucrânia "esquisito" e aina disse que Volodymyr Zelenskiy poderia ter se esforçado mais, se não quisesse de fato a guerra.

- O ex-presidente brasileiro Lula da Silva fala sobre a culpa da Ucrânia ou do Ocidente na guerra. São tentativas russas de distorcer a verdade. É simples: a Rússia atacou traiçoeiramente a Ucrânia, a guerra é apenas no território da Ucrânia, a Rússia mata massivamente civis. Guerra clássica de destruição e ocupação - rebateu Podolyak no Twitter.

Apesar das declarações de "achismo" de Lula sobre o conflito ocorrerem há meses, esta foi a primeira vez que alguém do alto escalão do governo ucraniano se manifestou sobre as falas do petista. Em seguida, a Embaixada da Ucrânia no Brasil também comentou o caso e adiantou que solicitaria um audiência formal com Lula "para esclarecer a posição do país".

Esta não foi a primeira vez que Lula tentou comentar sobre o conflito. Em março deste ano, em evento da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), ele falou que a guerra poderia ser resolvida em uma mesa de bar regada à cerveja.

- Essa guerra, por tudo que eu compreendo, leio e escuto, seria resolvida aqui no Brasil numa mesa, tomando cerveja. Se não na primeira, na segunda. Se não na terceira, se não desse na terceira, ia até acabar as garrafas para um acordo de paz - divagou o condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários