Israel captura palestinos que mataram israelenses a machadadas

Na quinta-feira (5), o Estado de Israel completava seu 74º aniversários de criação. Esta foi a data escolhida por terroristas palestinos para atacar a cidade de Elad, com 50 mil habitantes e matar três civis. Mais quatro pessoas ficaram feridas.

Asad Yusef Al Rifai, de 19 anos, e Subhi Imad Abu Shukair, de 20 anos, foram presos, no domingo (8), após dois dias de perseguição policial.

Em comunicado, a a polícia, o Exército e o Shin Bet (serviço de inteligência interna) comemoraram a prisão dos criminosos.

- Os dois terroristas que mataram três civis israelenses no ataque mortal na cidade de Elad foram presos - informaram as autoridades.

A ação dos jovens durou pouco tempo mas foi muito violenta. Eles atacaram um veículo e mataram os passageiros a machadadas. Em seguida, fugiram do local.

A polícia disse que os rapazes não moravam em Israel. Eles entraram no país por uma barreria que separa a Cisjordânia, horas antes do ataque.

Este é o sexto ataque contra israelenses desde 22 de março.  

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários