VÍDEO: Major do Exército é preso por defender Jair Bolsonaro

O Major do Exército Brasileiro, João Paulo Costa Araújo, 41 anos, está preso em Teresina, capital do Piauí, desde a quinta-feira (5), por manifestar-se nas redes sociais a favor do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Ele foi denunciado à Procuradoria da Justiça Militar por publicar postagens políticas no perfil do Instagram e o juiz federal Rodolfo Rosa Talles Menezes, da Auditoria da 10ª Circunscrição Judiciária Militar, de Fortaleza (CE), mandou deter o rapaz.

Foi o Major Diego Melo, que é amigo de Costa Araújo, quem divulgou o caso nas redes sociais e o vídeo viralizou:

- Infelizmente, ele está preso. Tem uma filha pequena, criança. Seu casamento está marcado para o próximo sábado e ele está vivendo essa situação constrangedora porque fez publicações favoráveis ao presidente Bolsonaro. Todos os membros das forças armadas, pelo amor de Deus, parem com isso! Até quando? 
- Será se ele tivesse elogiado o Lula, ele estaria preso? Acredito que não - disse o militar, referenido-se aos colegas de farda que são favoráveis ao ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários