Funcionário da Globo morre em queda de avião que levava paraquedistas

O avião caiu na cidade de Boituva, interior de São Paulo, nesta quarta-feira (11).

Havia 16 pessoas na aeronave de pequeno porte, incluindo o piloto, no momento do acidente.

Duas pessoas morreram e 12 ficaram feridas.

Entre os mortos, estão Wilson José Romão Júnior, que era instrutor de paraquedismo, e André Luiz Warwar, 53, funcionário do setor de tecnologia da Rede Globo.

O acidente ocorreu pouco depois do meio-dia e, segundo o Corpo de Bombeiros foi causado por um vazamento de combustível.

A prefeitura da cidade, que recebe mais de 120 decolagens para fins de paraquedismo todos os dias, lamentou o ocorrido e disse que, em 50 anos, esse foi o primeiro acidente na região.

- Em 50 anos de história do paraquedismo em Boituva, é o primeiro acidente com uma aeronave do CNP. Um dia muito triste para nossa cidade, considerada Capital Nacional do Paraquedismo e do Balonismo Turístico. Deixo meu profundo sentimento de pesar aos familiares dos dois passageiros - explicou o prefeito Edson Marcusso.

Os feridos foram atendidos e passam bem.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários