Musk diz que compra do Twitter foi suspensa, volta atrás e afirma estar "comprometido" com aquisição

O bilionário Elon Musk está tendo uma semana bastante conturbada no mundo dos negócios. Ele tuítou, recentemente, que a compra do Twitter estaria suspensa por tempo indeterminado, sinalizando que poderia ter tido alguma má notícia do Conselho da plataforma.

- O acordo do Twitter está temporariamente suspenso por pendências em detalhes que sustentam que contas falsas de fato representam menos de 5% dos usuários - explicou.

Em seguida, Musk utilizou novamente a rede social para dizer que ainda estava "comprometido com a aquisição".

As declarações vieram após o CEO da Tesla e da Space X afirmar que foi um "erro banir Donald Trump" da plataforma. O homem mais rico do mundo já ressaltou várias vezes que quer tornar o Twitter livre da censura e aberta ao diálogo.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários