Juíza é achada morta dentro de carro em Belém

A juíza Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, de 47 anos, foi achada morta dentro do carro do marido, o também juiz João Augusto Figueiredo de Oliveira Júnior, no bairro de Nazaré, no centro de Belém, nesta terça-feira (17). Ela tinha um tiro no peito e havia contraído matrimônio com o magistrado em julho de 2021.

Mônica Maria não era natural do Pará. Ela residia em Campina Grande, na Paraíba, mas vinha ao Norte do país, periodicamente, visitar o esposo. Era o segundo matrimônio dela.

O juiz foi quem encontrou o corpo da esposa no carro e acionou a polícia. Ele já prestou depoimento sobre o ocorrido.

O Tribunal de Justiça do Pará informou que ainda não irá se manifestar sobre o caso. A morte da juíza, no entanto, segue investigada pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil.

Ela deixa um filho adulto e uma adolescente.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários