"Só Deus me tira daquela cadeira", afirma Bolsonaro em "Marcha Para Jesus"

O presidente Jair Bolsonaro (Pl) discursou, neste sábado (21), dia da "Marcha Para Jesus", em Curitina (PR), para uma multidão de pessoas que participavam do evento cristão.

Na 27ª Edição da caminhada, Bolsonaro reafirmou que seu governo tem respeitado a Constituição do Brasil, destacou a importância das liberdades e da família tradicional. Em seguida, o presidente também salientou que "só Deus" o tira da presidência e foi muito ovacionado pelos eleitores.

- (...) Agradeço a Ele pela minha vida e pela missão de estar à frente do Executivo federal. Temos hoje um presidente, um presidente, um governo que acredita em Deus, que respeita os seus militares, que defende a família brasileira e deve lealdade ao seu povo. Peço a Ele mais que sabedoria. Peço força para resistir e coragem para decidir - afirmou.
- (...) Eu jurei dar a minha vida pela pátria. Hoje, mais do que isso, todos nós daremos a nossa vida pela nossa liberdade. Esse é o bem maior de um país que se diz democrático - 
- E só Deus me tira daquela cadeira. Somos democratas, respeitamos a nossa Constituição. E é um dever meu, como chefe do Executivo, fazer com que todo aquele que esteja fora das quatro linhas da nossa Constituição venham para dentro da mesma. É a maneira que nós temos de viver em paz e em harmonia e sonhar com um futuro promissor para todos. Nada fazemos sem Ele. Ele está no meio de nós. Essa marcha é uma prova de gratidão, de respeito e de louvor ao nosso Deus - finalizou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários