Após briga, Caio Coppolla pede afastamento da emissora Jovem Pan

Depois de cinco meses de volta à Jovem Pan News, Caio Coppola toma dura decisão de deixar de gravar seus programas diários até o fim de maio.

Segundo informações do TVPop, o comentarista político informou à diretoria da emissora sua decisão por meio de um e-mail. Há rumores de que houve um sério mal-entendido entre Caio e Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha, dono do jornal.

No e-mail, Coppolla mostrou estar indignado com sua jornada de trabalho e exigia mais folgas. Finalizou afirmando que não voltaria aos estúdios e, para fortificar seu argumento, sobrepujou uma prerrogativa prevista em seu contrato.

- Nos vemos, se Deus quiser -  concluiu na mensagem, deixando uma amarga dúvida se realmente voltaria para a emissora.

Caio foi contratado para ser um dos destaque da Jovem Pan News. O apresentador, em seu programa, Boletim Coppolla, comentava críticas ácidas sobre a política e a sociedade brasileira em um tom de ironia; o que rendeu sucesso ao repertório.

Mas, em virtude de supostas folgas sem aviso prévio, o relacionamento de Caio com Tutinha vem se deteriorando ao longo dos meses. Coppolla utiliza as cláusulas do contrato assinado entre eles para conseguir descansar.

Nos bastidores, é forte o burburinho de que Tutinha, sendo impaciente como é, rescindirá o contrato de Caio nas próximas semanas.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários