Depois de pressão do PSDB, Doria desiste de concorrer à disputa presidencial

O ex-governador de São Paulo, João Doria (PSDB),anunciou, nesta segunda-feira (23), que está desistindo de concorrer à presidência da República neste ano. O movimento vem logo após o partido dele vir a público informar que apoiariam a candidatura da senadora Simone Tebet (MDB) ao Planalto, ao invés dele.

- Coloquei meu nome à disposição do partido. Hoje, neste 23 de maio, serenamente, entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB. Aceito essa realidade com a cabeça erguida - admitiu.
- Coração ferido, mas com a alma leve - destacou.
- O PSDB saberá tomar a melhor decisão do seu posicionamento para as eleições deste ano - acrescentou.

Embora, alguns caciques tucanos tenham feito burburinho em torno do nome de Simone Tebet, está na disputa para conquistar os holofotes do PSDB o ex-governador do RS, Eduardo Leite, que tem crescido nas pesquisas internas da sigla. 

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários