Assessor, que denunciou vereador Gabriel Monteiro, morre em acidente de carro

Vinícius Hayden Witeze morreu, neste sábado (28), em um acidente de carro, em Teresópolis, Rio de Janeiro.

Witeze ficou conhecido depois de denunciar o ex-chefe, o vereador Gabriel Monteiro, pelos crimes de assédio moral e sexual contra adolescentes.

O ex-assessor, na quarta-feira (25), havia prestado depoimento no Conselho de Ética da Câmara do Rio de Janeiro. A casa abriu inquérito para investigar a conduta do parlamentar. Se for considerado culpado, ele perde o cargo.

Vinícius Witeze morreu em acidente na via RJ-130, que liga Teresópolis a Nova Friburgo, região serrana do Estado.

A polícia acredita que o rapaz perdeu a direção ao fazer uma curva.

Nas redes sociais, Monteiro disse que "não deseja o mal a ninguém", mas que o rapaz forjou provas contra ele.

- Quem me conhece sabe que não desejo mal a ninguém. Meu ex-assessor que tinha sido pego oferecendo 600 mil reais a outro assessor para FORJAR provas contra mim. Que foi flagrado junto com o 02 da máfia do reboque. Morreu num acidente. É triste demais. Jamais torceria por esse fim! - argumentou.
- Após tentarem me forjar em estupros, pedofilias, assédios, e mil outros crimes. Vão falar que eu o matei. De coração, que ele esteja com Deus. Imagino a dor dos seus pais, pessoas maravilhosas - finalizou os pêsames.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários