VÍDEO: Paulo Guedes acusa França e Bélgica de prejudicarem entrada do Brasil na OCDE

Participando do Fórum Mundial em Davos, na Suíça, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, não se intimidou com a presença de outros especialistas e acusou França e Bélgica de tentarem retardar a entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), instituição econômica intergovernamental com 38 países-membros, que estimula o progresso econômico e o comércio mundial.

Guedes disse que as duas nações fazem isso porque querem proteger os seus agronegócios e reconhecem que o Brasil é um poderoso concorrente nesse sentido.

Sem receio da comunidade internacional, Guedes afirmou no Fórum que a Europa perdeu uma grande parceira que era a Rússia e, se continuar impedindo outros países de entrar no grupo, vai dispensar também a América Latina aliada comercial.

Sobre o momento econômico do mundo pós-pandemia, o ministro destacou que, enquanto todos os países vão na direção contrária, cobrando mais impostos, o Governo Bolsonaro faz o inverso para a enconomia crescer.

O Brasil deve ter um crescimento de 2%, este ano, mais do que as economias desenvolvidas e o Governo Federal espera que as medidas retirem o país da alta inflação muito antes que outras nações.

- Vocês estão subestimando nossa capacidade de responder à crise - alertou o brasileiro.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários