VÍDEO: "Está gritando que quer ser chamado de traidor mesmo, né?", diz Constantino sobre "previsões" de Weintraub

O ex-Ministro da Educação, Abraham Weintraub (PMB), divulgou nas redes sociais, na quarta-feira (25), que o presidente Jair Bolsonaro (PL), de quem já foi aliado e por ele indicado ao cargo de diretor-executivo do Banco Mundial, perderá as eleições deste ano porque "as coisas vão piorar" na economia brasileira em contraponto ao que o Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou durante o Fórum Mundial, semana passada, adiantando que o país crescerá 2%.

- Eu diria que esse cenário (vitória do PT) é mais provável hoje. Infelizmente, o presidente Bolsonaro não deve se reeleger e o Lula deve ser presidente. Daqui até a eleição, as coisas só vão piorar na parte econômica e, na parte política, vão aparecer mais escândalos. O presidente perdeu uma parte significativa da militância, porque todo aquele ideário foi para o ralo, de não negociar com pessoas acusadas de corrupção. Não se fala mais em 'a verdade vos libertará'. Hoje é 'psiu, não conta se não o PT volta' - debochou Weintraub, conhecido por seu temperamento explosivo.

O comentarista da Jovem Pan, Rodrigo Constantino, comentou a fala do ex-ministro e disse:

- Está gritando que quer ser chamado de traidor mesmo, né? Até pelo veículo que ele escolhe agora dar entrevistas - avaliou.
- Tá parecendo muito o Moro, quando saiu do Governo - completou.

Sobre a crítica que a ala ideológica faz ao Governo Federal, de que Bolsonaro tem se aproximado do centrão, o comentarista destacou:

- Brasília tem muita corrupção porque o Estado é enorme. É um leviatã. O bom é que não tem uma corrupção deliberada, comandada de dentro do Palácio do Planalto, como fez o Lula - disparou.
- (...) Todos os funcionários públicos não têm mais nenhuma corrupção agora? Claro que não consegue isso e teria que ser Deus e não presidente da República para fazer algo assim - finalizou.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários