Em inauguração de Centro de Tecnologia, Bolsonaro dispara: “Querem me julgar por corrupção? Vão se dar mal”

Cumprindo agenda oficial em Sorocoba (SP), nesta sexta-feira (25), onde está inaugurando o Centro de Excelência em Tecnologia 4.0, o presidente Jair Bolsonaro criticou a precipitação de autoridades e políticos que emitiram opinião sobre o suposto superfaturamento na compra da vacina indiana Covaxin. Ele negou que o Governo Federal tenha adquirido uma única dose do fármaco e disse que quem o acusou de corrupção “vão se dar mal”.

- Olha, o contrato, pelo que me consta, não tem nada de errado nele. Não há superfaturamento. É mentira. Vou ver o Queiroga (Ministro da Saúde), pra ver qual é a opinião dele, mas não foi gasto um centavo com a Covaxin. Não chegou uma ampola aqui. Vocês querem me julgar por corrupção? Vão se dar mal! Eu sou incorruptível, além de imbrochável. Vou levar porrada a vida toda e sou imbrochável - disparou.

Na quarta-feira (23), o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) denunciou supostas irregularidades em uma compra da Covaxin que não existiu.

- O próprio laboratório indiano fala que o preço tá na média dos outros três países que tinham contrato com eles. Vocês querem imputar a mim um crime de corrupção, (com algo em) que não foi gasto um centavo. Porque estamos há dois anos e meio sem corrupção, porque temos órgãos que funcionam, como, por exemplo, a CGU - prosseguiu Bolsonaro.

O presidente afirmou que a Covaxin não foi comprada pelo governo brasileiro e o documento apresentado por Miranda foi feito de forma equivocada e, em seguida, corrigido.

- No dia seguinte, pelo que fiquei sabendo, era um documento que tava feito de forma equivocada. Faltava um zero lá, de 300 mil doses eram 3 milhões, foi corrigido no dia seguinte. Há quatro meses, eu falei com ele (Luis Miranda), no passado, foi lá e falou um montão de coisa, como recebo de uma infinidade de pessoas que eu não conheço, 99% eu não conheço. Tem algum recibo meu pra ele? Foi consumado o ato? - questionou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários