Sem citar nomes, Bolsonaro comenta Caso Johnny Depp

O presidente Jair Bolsonaro (PL) fez uma postagem, nesta quarta-feira (1), dia em que o Tribunal de Fairfax condenou a atriz Amber Heard, de 36 anos, a pagar uma indenização milionária ao ex-marido, Johnny Depp, 58, maior do que a multa dele para ela.

Sem citar nomes, Bolsonaro compartilhou nas suas redes sociais o versículo em inglês da passagem bíblica de João 8;32, que diz:

- E conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará - escreveu o líder brasileiro, acrescentando: "abraços do Capitão Jair Bolsonaro", em alusão ao personagem muito conhecido de Johnny Depp, na franquia "Piratas do Caribe", Capitão Jack Sparrow.

O astro americano tratava uma grande batalha judicial contra a ex-mulher que o acusava de agressão. Nos tribunais, a feminista não conseguiu comprovar o que alegava. Já Depp se muniu de provas e histórias cabulosas sobre a ex lhe jogar uma garrafa de vidro, defecar em sua cama e lhe dar socos no rosto. 

Ao final da ação, ambos tiveram que pagar indenização por difamação. Ele deverá ressarci-la em US$ 2 milhões. Ela vai reembolsá-lo em US$ 15 mi.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários