PCO chama Moraes de "skinhead de toga" e diz que STF deveria ser dissolvido

O Partido da Causa Operária (PCO), de extrema-esquerda, há tempos brada contra a postura política do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

O PCO já se manifestou contra as determinações do magistrado diversas vezes e, nesta quarta-feira (1), acusou Moraes de "planejar um golpe" nas eleições presidenciais deste ano e alertou os internautas afirmando que "a repressão aos direitos sempre se voltará contra os trabalhadores".

- Alexandre de Moraes: candidatos que "divulgarem fake news" terão registro cassado. Em sanha por ditadura, skinhead de toga retalha o direito de expressão, e prepara um novo golpe nas eleições. A repressão aos direitos sempre se voltará contra os trabalhadores! Dissolução do STF! - escreveu a direção da legenda no Twitter.

Até o momento, os dirigentes do PCO não foram enquadrados no inquérito das Fake News nem presos por criticar os ministros do Supremo como o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) sofre há mais de um ano.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários