Cármen Lúcia manda Ricardo Salles entregar passaporte à Polícia Federal

A ministra do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, determinou, nesta sexta-feira (25), que o ex-Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, entregue seu passaporte à Polícia Federal (PF).

Salles pediu exoneração do cargo na quarta-feira (23) e é investigado na Corte por uma operação da PF, que mira suposto favorecimento a empresários madeireiros. O servidor público Joaquim Álvaro Pereira Leite foi nomeado para o posto.

Em maio passado, Ricardo Salles denunciou, no programa “Agora com Lacombe”, da Rede TV!, como estava o Ministério quando ele assumiu.

- Estamos sendo obrigados a corrigir a economia porque eles roubaram, aparelharam, destruíram os fundos de pensão. Aparelharam as estatais, fizeram tanto esquema de corrupção que nós herdamos um país ‘quebrado’. Então, eu recebo os órgãos ambientais sem pessoal, com déficit de 50%, orçamento de um terço do que foi em 2015 e uma incapacidade de gerar riquezas no país em razão da corrupção e da ineficiência , do aparelhamento que nós herdamos - revelou.

Em breve discurso de despedida, Salles disse:

- Procurando colocar em prática, a orientação que foi colocada pelo senhor presidente da República Jair Bolsonaro desde o primeiro dia de governo. Orientação essa que foi de equilíbrio entre desenvolvimento econômico e preservação do Meio Ambiente - concluiu.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários