Elon Musk dá ultimato a funcionários da Tesla e Space X: "Voltem ao trabalho ou deixem a empresa"

O CEO da Tesla e Space X, Elon Musk, perdeu a paciência, esta semana, com alguns funcionários das suas empresas que insistiam em continuar trabalhando remotamente.

Os colaboradores ainda alegam o combate da Covid-19 para a manutenção das atividades online.

Cansado das prorrogações, o bilionário encaminhou email para todos e disse que a continuação das funções remotas são inaceitáveis e que quem não estiver satisfeito pode deixar a empresa:

- Voltem ao trabalho ou deixem a empresa - destacou.
- Obviamente, há empresas que não exigem isso (trabalho físico), mas quando foi a última vez que elas entregaram um produto novo excelente? Já faz um tempo - afirmou, acrescentando que os funcinários do escritório laboram 40 horas semanais, menos que os de "chão de fábrica", que já estão no formato presencial

.Apesar da polêmcia e do impasse, Musk negou que vá demitir alguém. Porém, nos próximos meses, haverá novas contratações.

A Tesla possui fábricas nos Estados Unidos, na China e na Alemanha e emprega por volta de 99.290 pessoas em todo o mundo.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários