Twitter oculta dados e Elon Musk ameaça retirar oferta de compra

O homem mais rico do mundo, Elon Musk, ameaçou retirar a oferta de compra do Twitter, caso a empresa não entregue a ele todos os dados de que precisa.

As declarações foram feitas nesta segunda-feira (6), depois que a rede social afirmou ao magnata que não tem como repassar todas as informações sobre as contas falsas da rede.

- O Twitter, de fato, se recusou a fornecer a informação que o sr. Musk solicitou, repetidamente, desde 9 de maio de 2022, para facilitar sua avaliação de spams e contas falsas na plataforma da empresa - diz comunicado do CEO da Tesla e Space X.

O documento de Musk afirma que o Conselho do Twitter está cometendo uma grave "violação material" do termo que ambos assinaram e Musk pode não dar continuidade à aquisição.

- O senhor Musk se reserva o direito de não consumar a transação e seu direito de encerrar o acordo de fusão - garantiu a defesa do bilionário, em carta.

Por fim, Elon Musk ainda reafirmou que "não acredita que as metodologias de teste negligentes da empresa sejam adequadas". 

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários