Bolsonaro avalia processar Lula por acusar "gente próxima" a ele de matar Marielle

Em evento, no Rio Grande do Sul, semana passada, o ex-presidiário Lula (PT), que concorre ao Planalto com o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), fez uma grave acusação sem provas. Durante o discurso no estado, o condenado por corrupção e lavagem de dinheiro ventilou que "gente dele não tem pudor de ter matado a Marielle".

-  Quando a gente não pode se aproximar do governante. Quando o governante tem um lado obscuro. Porque a gente não sabe a qualidade de todos os milicianos dele. O que a gente sabe é que gente dele não tem pudor de ter matado a Marielle - afirmou, sem provas.

As declarações de Lula foram, imediatamente, rebatidas por parlamentares que fazem a base do Governo Federal no Congresso. A deputada federal e procuradora aposentada, Bia Kicis, reagiu ao ataque nas redes sociais.

- Gente dele não tem pudor de ter matado Marielle" Ex-presidiário AFIRMA:”gente do presidente"matou a Marielle. Esse tipo de FakeNews que pode afetar as eleições será coibido? O pré-candidato @LulaOficial será preso ou terá futuramente será cassado,na remotíssima hipóstase de eleito? - indagou.

O Ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, também criticou as acusações de Lula e disse que o petista é "irresponsável".

- Dizer que pessoas próximas ao presidente Bolsonaro mataram a vereadora Marielle é de uma irresponsabilidade, de uma leviandade sem precedente. Isso sim é uma fake news - disparou.

O perfil "TeAtualizei", da youtuber Bárbara, questionou o ministro do STF, Alexandre de Moraes, sobre incluir o ex-presidiário no inquérito das Fake News; já que o petista não tem como provar a afirmação que fez.

- ALEXANDRE DE MORAES, Lula está dizendo q gente do presidente matou a Marielle! "Gente dele não tem pudor de ter matado Marielle" Ele estava falando do Governo Federal quando proferiu essa fala. Não tem criança aqui, não! E aí, como é q fica? Crime é só subir hashtag no Twitter? - questionou.

A defesa de Bolsonaro avalia processar o petista.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários