Bolsonaro responde matéria distorcida do UOL e dispara: "Mentira!"

O presidente Jair Bolsonaro (PL) rebateu uma matéria do Portal UOL, nesta quarta-feira (8), afirmando que o Planalto havia sugerido o fechamento da imprensa brasileira no dia em que se comemora a Liberdade de Imprensa.

Indignado, Bolsonaro rebateu a acusação e disse que o discurso feito foi justamente defendendo o contrário.

- Mentira! Foi justamente o contrário. Defendi que, se fosse para prender e punir alguém por algo tão subjetivo como “Fake News”, O QUE EU SOU CONTRA E TODOS SABEM, teria que começar pela própria imprensa, que, frequentemente, publica mentiras e informações distorcidas, como essa - afirmou.

As declarações foram dadas, nesta semana, quando o presidente criticava a cassação do mandato do delegado Fernando Francischini, que perdeu o cargo por afirmar que, em 2018, as urnas eletrônicas foram fraudadas. O STF e o TSE consideraram que o policial divulgou Fake News e o puniu.

O UOL, no entanto, distorceu a informação e, até o momento, não foi incluso no inquérito das Fake News (o segundo porque o primeiro foi terminado por falta de provas e acusados), de Alexandre de Moraes.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários