Repórter ameaçado por Kalil diz que é "metodo dele para intimidar as pessoas"

O jornalista José Aparecido Martins, mais conhecido como DJ Veneno, comentou sobre as ameaças que recebeu ao vivo do entrevistado, Alexandre Kalil, pré-candidato ao Governo de Minas Gerais.

O ex-prefeito de BH se irritou com as perguntas do comunicador e ofendeu o repórter de "merdinha", "banana" e "moleque".

- Não grite comigo. Molecote! Está querendo aparecer em cima de mim. Quem é você? Não sei nem seu nome, nunca te vi. Aliás, se esse moleque continuar aqui, entreviste esse banana, esse merdinha que está aqui! - bradou o ex-gestor municipal.

E, em virtude dos questionamentos frequentes sobre a condução da pandemia da Covid-19 na capital, Kalil acrescentou:

- Corrido eu não saio, é mais fácil eu te jogar pela janela, moleque. Te pego e te jogo pela janela, moleque! - ameaçou de morte o rapaz.

Embora o ex-prefeito tenha ficado visivelmente alterado, DJ Veneno garantiu que não ficou surpreso.

- Nunca passei por situação semelhante. Sou mais acostumado a conviver com pessoas mais equilibradas, mas entendo que, quando uma pessoa não tem argumentos, ela grita e até faz ameaças pra mascarar a sua incapacidade - disparou.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários