Traficante peruano mandou matar dupla na Amazônia

Preso pela polícia, Amarildo Costa de Oliveira, mais conhecido como "Pelado", é apontado como principal suspeito de matar o indigenista Bruno da Cunha Araújo Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips. O mandante seria um traficante de drogas peruano. 

A informação foi divulgada pelo jornalista Octávio Guedes, da GloboNews, nesta terça-feira (14).

- Apontam que um traficante peruano que, apesar da nacionalidade dele, é conhecido como Colômbia. Que misturam o narcotráfico, o ouro e a pesca ilegal. Então, tá tudo misturado ali. E aí eles vão recrutando esses povos ribeirinhos que, diga-se de passagem, que não tem um modo de vida sustentável para proteger a Amazônia. E eles são cotados para esse tipo de atividade - explicou o comunicador.

O traficante queria os dois mortos depois de descobrir o teor da matéria que seria publicada sobre negócios ilícitos na Amazônia, fronteira com a Colômbia, região onde o criminoso atuava.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários