Musk, Tesla e Space X são acusados de esquema de pirâmide com criptomoeda

O homem mais rico do mundo, Elon Musk, que é CEO das empresas Tesla e Space X, está sendo processado ao mesmo tempo que as companhias em seu nome por suposto esquema de pirâmide que ele teria feito em criptomoeda, a Dogecoin.

Quem processou o bilionário foi o norte-americano Keith Johnson, que pediu indenização no valor de US$ 258 bilhões, porque jura que perdeu muito dinheiro com o "investimento".

O processo está vinculado ao Tribunal de Manhattan e, de acordo com Johnson, ele foi enganado por ter acreditado que a criptomoeda valia muito, mas "não vale coisa alguma".

- Musk usou seu pedestal como o homem mais rico do mundo para operar e manipular o esquema de pirâmide Dogecoin para lucro, exposição e diversão - diz trecho da acusação.

Segundo o site Coinmarketcap, a Dogecoin é o 7º maior ativo do tipo em valor de mercado e cresceu 1.100% em apenas no mês em que Musk anunciou a compra da criptomoeda.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários