Kim Jong-Un perde peso e agências de espionagem já especulam quem será o sucessor

Os residentes da Coreia do Norte estão assustados com a aparente perda de peso do líder Kim Jong-Un evidente em um vídeo recente do ditador.

Analistas estrangeiros notaram no início de junho que o líder coreano, que todos acreditam ter 37 anos, parece ter perdido uma quantidade considerável de peso.

- Ver o respeitado secretário-geral parecendo muito magro parte o coração de nosso povo - disse um homem em entrevista transmitida pela emissora estatal KRT.

O vídeo de qual todos estão comentando mostrava um concerto com a presença de Kim e autoridades do partido após uma reunião plenária do Partido dos Trabalhadores da Coréia (WPK).

Não se sabe o que levou o ditador à perda de peso repentina.

Kim Jong-Un apareceu em público, em junho, após passar um mês longe das câmeras estatais. O “sumiço” do líder coreano foi considerado por analistas estrangeiros incomum; uma vez que ele controla com “mãos de ferro” a Coréia do Norte.

As incertezas que rondam a saúde do ditador têm causado alvoroço na mídia internacional, que já especula quem será o seu sucessor.

Agências de espionagem e especialistas observam de perto a saúde de Kim, desde o início de 2020, quando ele perdeu as comemorações do aniversário de nascimento do fundador do Estado, Kim Il Sung, em 15 de abril e voltou a aparecer em público apenas no início de maio.

A fragilidade da saúde de Kim já é conhecida dos “súditos”. Em 2014, a mídia estatal noticiou que Kim estava sofrendo de "desconforto", após um longo período fora dos olhos do público.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários