Noblat ameaça Bolsonaro com "tiro no peito" e presidente rebate: "Se respondesse esse bosta à altura seria 'ataque à imprensa’"

No sábado (18), o jornalista Ricardo Noblat e o filho dele, Guga Noblat, que parecem gostar mais dos holofotes do que das notícias verdadeiras, compartilharam mensagens nas redes sociais, cujo o tema principal foi "tiro".

Guga Noblat que, recentemente, perdeu batalha judicial para Luciano Hang, por tê-lo acusado - sem provas - de ter matado a 

própria mãe em meio à pandemia da Covid-19, foi quem deu o primeiro passo. O jovem esquerdista divulgou um texto em que afirmava Bolsonaro como "campeão de tiro no pé".

Orgulhoso da prole, "papai Guga" compartilhou o deboche, que ensinou o rapaz a praticar, e ainda completou:

- Em breve, (será) tiro no peito - garantiu.

Notem que isso não foi uma notícia jornalística. Isso foi uma ameaça de morte a um presidente do Brasil, que está no poder cumprindo os seus deveres de forma democrática e sem ter se desvirtuado da Constituição uma linha sequer. 

Indignado com o ocorrido, Bolsonaro, claro, rebateu a postagem, imediatamente, e disse:

- Se eu respondesse esse bosta à altura seria “ataque à imprensa e à democracia - finalizou.

Esse seria o momento para enquadrar o comunicador na Lei de Segurança Nacional e mandar o espertinho para o xilindró.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários