VÍDEO: Em primeiro discurso, esquerdista eleito na Colômbia fala em libertar "jovens presos"

O ex-senador e ex-prefeito de Bogotá, Gustavo Petro, está fazendo justiça ao apelido de ex-guerrilheiro que ele mantém e, em seu primeiro discurso já como presidente da Colômbia, o que ele faz? O esquerdista diz que vai soltar "jovens presos".

Diante de uma plateia delirante, Petro afirma que concederá liberdade aos jovens, mas não cita quem serão os privilegiados e quais os crimes cometeram. 

O anúncio de Petro foi compartilhado por autoridades conservadoras do Brasil e comparado à declaração de Lula (PT), semana passada, na qual disse que havia pedido ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e ao ex-ministro da Justiça, Renan Calheiros (MDB-AL), para libertar os sequestradores do empresário Abílio Diniz, que quase morreu sufocado em uma espécie de caixa onde foi colocado no interior do porão de uma casa.

Os "meninos" mencionados por Lula pediam US$30 milhões em resgate, mas a polícia solucionou o caso em apenas 6 dias.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários