Depois de 20 dias de buscas, Lázaro morre em confronto com policiais

A força-tarefa com quase 300 policiais, cães-farejadores, especialistas em cerrado e caatinga, blitz, drones e helicóptero, finalmente, após 20 dias, pôs fim à fuga do serial killer Lázaro Barbosa. Ele é acusado de cometer uma séria de crimes nos Estados da Bahia e Goiás.

Nesta segunda-feira (28), ele morreu em confronto com forças policiais, numa mata nas imediações da casa da ex-sogra, em Águas Lindas (GO).

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, fez até anúncio em suas redes sociais comemorando a captura do serial killer. Mas, instantes depois, agentes confirmaram que ele estaria morto. O corpo foi levado para o Hospital Bom Jesus, em Águas Lindas.

O maníaco estava foragido havia 20 dias.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários