Saiba quem são os empresários que pagaram entre R$ 3 mil e R$ 20 mil para jantar com Lula

Sem poder sair às ruas e evitando o frente a frente com o eleitor, o ex-presidiário Lula (PT), que também é pré-candidato à presidência da República, tem optado por fazer longos discursos em eventos fechados a aliados e apoiadores e, agora, dedica-se aos chamados "jantares".

Esses eventos noturnos têm rendido um bom dinheiro ao petista e sua equipe. Pois, por incrível que pareça, advogados, empresários e profissionais autônomos têm pago entre R$ R$ 3 mil e R$ 20 mil para ver o condenado por corrupção e lavagem de dinheiro discursar.

O encontro deste domingo (26), num restaurante de São Paulo, já está "lotado", segundo diz a equipe de Lula. Aproximadamente, 130 pessoas vão participar do evento organizado pelo grupo "Prerrogativas", uma espécie de agremiação de juristas e advogados que aconselha o ex-condenado, juridicamente, dia e noite.

No último jantar, na casa de Cláudio Haddad, fundador do Inspe (Instituto de Ensino e Pesquisa) estiveram presentes: Beto Sicupira (Ambev), Fábio Barbosa (Natura), Frederico Trajano (Magalu), Horácio Lafer Piva (Grupo Klabin), Pedro Moreira Salles (Itaú Unibanco), Pedro Passos (Natura) e Sérgio Rial (Santander).

O dinheiro arrecadado vai como "doação" ao Partido dos Trabalhadores e à campanha do Lula.

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários