VÍDEO: Chamado de "mentiroso" na Universidade de Oxford, Barroso diz que Brasil virou "país de ofensas"

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, foi chamado de "mentiroso", durante uma palestra na Universidade de Oxford, na Inglaterra, neste sábado (25).

Barroso explanava sobre a suposta "resistência" de grupos específicos à democracia brasileira, quando um casal o interrompeu e disse que ele era mentiroso.

- Foi o cara que liberou o maior ladrão da história - informou o rapaz aos presentes.

O casal argumentou para a plateia que as palavras do magistrado eram falácias e que os críticos às urnas eletrônicas querem apenas a impressão e contagem do voto eletrônico para posterior auditoria, caso seja necessário.

Após ouvir o casal, Barroso debochou dos dois e disse que "um dos problemas do Brasil é a falta de civilidade".

- Esse é um dos problemas que nós estamos vivendo no Brasil, um déficit imenso de civilidade - ironizou.
- Uma coisa que aconteceu no Brasil é que o pensamento conservador, que é legitimo, foi capturado pela grosseria, ofensa, pela falta de respeito. O sujeito fala em nome de Deus ‘eu quero que você morra’, tudo contrário ao que o cristianismo prega. Portanto, acho que um choque de civilidade é o que precisamos - despistou.
- Precisamos regatar a capacidade de divergir com respeito, viramos um pais de ofensas - declarou Barroso que, em 2018, ofendeu o colega de magistratura, Gilmar Mendes, de ser "psicopata".
- O senhor (Mendes) é a mistura do mal com o atraso e pitadas de psicopatia - disse, na época.

Em 2021, os dois miistros bateram boca de novo em sessão online do STF e Barroso chegou a acusar Mendes de "sentar em cima das vistas" para não aceitar a deliberação do plenário da casa.

- V. Exa. sentou em cima da vista dois anos e se acha no direito de ditar regra para os outros - afirmou o "civilizado".

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários