VÍDEO: Com 13 anos, filha de Oswaldo Eustáquio "inicia" no jornalismo e denuncia por que o pai foi preso

Mariana Terena, de apenas 13 anos, acaba de estrear no jornalismo. A adolescente é filha dos jornalistas Sandra Terena e Oswaldo Eustáquio.

Para quem não se lembra, o pai dela é o comunicador que foi preso por determinação do ministro Alexandre de Moraes e, durante a detenção, ele voltou pra casa paraplégico, em cadeira de rodas.

A menina resolveu expor nas redes sociais que críticas a um vídeo do youtuber Felipe Neto, que ela estava assistindo, foi o que decidiu a prisão do pai.

- Mostrei esse vídeo para o meu pai, que utilizou a conta dele no Twitter, para defender a nossa inocência (das crianças). E sabe o que aconteceu? Ele foi processado por denunciar um conteúdo inadequado para a nossa idade!
- E a juíza Junia Souza Antunes condenou ele a quatro meses de prisão, que foi substituído por uma multa - explicou.
- A Justiça brasileira tornou conteúdos como estes lícitos para o seu filho - completou. 
- Meu pai, sem ter cometido crime algum, foi preso três vezes. Entrou andando na papuda e saiu de lá numa cadeira de rodas e ainda continua com todas as suas redes sociais bloqueadas - acrescentou.
- Diante da crise de credibilidade do jornalismo brasileiro, que, hoje, serve para transformar mentiras em verdades, eu, de forma precoce, peço licença à você para fazer o papel que eles deveriam fazer - finalizou a menina.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários