VÍDEO: Suplicy expõe racha no PT, bate boca com Mercadante e critica o plano de governo de Lula

O ex-senador do PT, Eduardo Suplicy, causou um desconforto imenso ao Partido dos Trabalhadores, ao interromper o lançamento das diretrizes do plano de governo de Lula e reclamar, abertamente, pro ter sido ignorado.

O ex-ministro de Lula, Aloísio Mercadante, estava responsável pela elaboração do documento. Recebeu várias propostas, mas a de Suplicy em relação à renda básica de cidadania parece que não foi contemplada. Indignado, o ex-marido de Marta Suplicy colocou a boca no trombone, se dirigiu ao centro da mesa e denunciou o caso em meio a evento com a elite petista e até acusou Mercadante de o boicotar.

Após o episódio e com os ânimos menos exaltado, Suplicy resolveu escreve um textão de email e o enviou para o, agora, ex-amigo. Como esperado, as desculpas não foram aceitas e nem bem recebidas.

- (Sua atitude) também trouxe duas acusações injustas, que precisam ser reparadas. (...) Bastaria você ter lido antes (o programa) ou perguntado a qualquer membro da coordenação - alegou o ex-ministro.
- Esse gesto de grandeza (o email pedindo desculpas) deveria ser dirigido a todos e todas que contribuíram com a construção do programa de governo. (Inclusive) às nossas lideranças Lula e Alckmin - finalizou a amizade Mercadante.

Assista:

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários