Braço direito de Guedes vai substituir Pedro Guimarães na Caixa

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou, nesta quarta-feira (29), que o seu braço direito no Ministério, Daniella Marques, deverá substituir Pedro Guimarães no comando da Caixa Econômica Federal (CEF).

Embora tenha feito um trabalho brilhante à frente do banco federal, Guimarães foi acusado, nesta terça-feira (28), de, supostamente, assediar sexualmente funcionárias da instituição financeira. Um grupo de mulheres foi ao Minsitério Público e denunciou o caso. Nenhuma delas, no entanto, fez boletim de ocorrência.

- De uma maneira muito clara, são quase 20 anos juntos, dois filhos e uma vida e uma vida inteira pautada pela ética. Tanto é verdade que, quando eu assumi o banco, tinha as piores [inaudível] das estatais. 10 anos com balanço, com ressalva, uma série de questões que todos vocês sabem - destacou o presidente da CEF, na manhã desta quarta-feira (29), sem entrar propriamente no processo que enfrenta.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), opositor voraz do Governo Bolsonaro, aproveitou a denúncia das funcionárias e já pediu que a Comissão de Direitos Humanos do Senado convoque Guimarães para prestar esclarecimentos em audiência da casa. 

Foi o senador DPVAT também quem protocolou, nesta terça-feira (28), pedido de CPI do MEC em virtude da denúncia do empresário José Edvaldo Brito que, por sinal, em entrevista à emissora Jovem Pan, revelou que nunca acusou o ministro Milton Ribeiro ou qualquer funcionário da pasta de corrupção.  

Siga o Jornal O Republicano nas redes sociais:

Facebook: O Republicano | Facebook

Twitter: @_ORepublicano

Instagram: @_ORepublicano

Mostrar comentários